terça-feira, 9 de janeiro de 2018

ESCREVO SOBRE UM LIVRO

O MISTÉRIO DA CASA QUEIMADA
De Enid Blyton

Escolhi este livro para vos apresentar, porque já li outros da mesma coleção e gostei imenso.
Trata-se de um livro de aventuras, pois os cinco descobridores e o seu cão vão viver uma excitante aventura: o incêndio no estúdio do senhor Hick.

Que terá sido o autor deste crime? Que grande mistério!
Certa noite, o estúdio do Sr. Hick começa a arder e um grupo de adolescentes e o seu cão deitam mãos à obra para descobrirem o que aconteceu ao certo e quem ateou fogo ao estúdio do Sr. Hick.
A lista de suspeitos é grande e variada, pois são muitos os interessados em querer prejudicá-lo.
Na minha opinião, este livro é interessante, engraçado e de fácil leitura.
Se querem saber mais sobre esta história, não percam tempo e aproveitem ao máximo a vossa leitura!


Ana Rita Mota, 6ºD

ESCREVO SOBRE UM LIVRO


“O detetive Esqueleto – Os Sem Rosto”
                     de DereK  Landy

Quando tudo estava novamente em paz, uma série de estranhos homicídios acontece.
Então, os “Sem Rosto” voltaram para tentarem uma vez mais acabar com o nosso mundo.
Felizmente, a valente dupla de detetives Skul e Valkyrie vai investigar os estranhos homicídios e descobrir quem é o culpado destas repentinas mortes. Determinados a travar os temíveis “Sem Rosto”, Skul e Valkrie vão lutar contra todas as suas forças para impedir o fim do mundo.
Será que vão conseguir?
Eu aconselho a leitura deste livro, porque é muito interessante e divertido para todas as idades. É um livro de aventuras.
Espero que o leiam e se divirtam tal como eu!



Inês Parente, 6ºE

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

      ESCREVO SOBRE UM LIVRO

Um sonho de amor em Lisboa


Este livro conta-nos a história vivida pelas Tea Sisters Collete, Nick, Pamela, Violet e Paulina (jovens estudantes do College de Topford onde vivem inúmeras aventuras) com os amigos que fizeram na capital de Portugal.
Aconselho, vivamente, a ler este livro porque é um livro de vocabulário e ilustrações cativantes. Além disso, mostra-nos o significado da verdadeira amizade, dá-nos a conhecer locais históricos da cidade de Sintra e Lisboa e explica-nos um pouco mais como se faz um azulejo e a sua preparação até á venda.
Estava Violet a preparar o lanche para as suas amigas quando elas aparecem com uma enorme caixa que lhe tinha sido enviada por Teresa, uma rapariga portuguesa com quem ela trocava muitos emails tornando-se amigas mesmo estando á distância, a caixa continha objectos de porcelana feitos pela família da sua amiga e um bilhete.
Um dia as amigas tiveram uma conversa durante um longo tempo e como estavam de férias decidiram dirigir- se a Lisboa para visitar Teresa e a sua família e assim conhecer pessoalmente a pessoa com quem Violet trocava emails e lhe tinha enviado uma caixa.                                 
Chegadas ao aeroporto eram esperadas por uma rapariga que estava no meio da multidão segurando uma folha na qual se podia ler ”Bem-vindas Tea Sisters”.
Violet foi a correr abraçar a sua amiga e conhece-la.
Teresa era uma rapariga vivaz, muito alegre e cativante e o mesmo se podia dizer da sua família que, em homenagem ás raparigas acabadas de chegar, tinha organizado uma verdadeira festa na sua casa situada em Alfama, um dos mais famosos e antigos bairros de Lisboa.
de Santa Justa.
 Para alojar as Tea Sisters, a família Martins preparou um quarto no último piso da casa. Não era muito grande, mas tinha tudo o que as visitas poderiam desejar! Havia cinco camas umas ao lados das outra, com colchas coloridas, e banquinhos de madeira a servirem de mesas-de cabeceira. As amigas sentiram-se muito bem acolhidas e à vontade ali dentro: à noite quando se retiravam para o quarto, lançaram um último olhar sobre a cidade iluminada que vislumbravam da janela, e após conversarem adormeceram.
 De manhã, era um cheiro a chocolate quente e pão torrado a acordá-las: o doce pequeno almoço preparado por Carlota e Paulo para toda a família. As Tea Sisters desceram para a cozinha para tomar o pequeno almoço e foram surpreendidas pela família Martins já a tomar o pequeno almoço com uma notícia.
Para saberem mais acerca das aventuras das Tea Sisters em Lisboa é melhor fazer como eu fiz ler a história na íntegra pois é uma história repleta de aventuras e emoções.
Verónica, n.º 19, 6.º C

  

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

ESCREVO SOBRE UM LIVRO


Uma aventura no Algarve


Os amigos João, Pedro e as gémeas Teresa e Luísa não tinham nada para fazer.
Chico, outro amigo do grupo, fez-lhes um convite. A sua tia, Dona Francisca, tinha ouvido falar muito bem deles e, então, decidiu convidá-los para irem passar as férias de verão com ela, no Algarve.
Aceitaram logo com muito entusiasmo, mas uma surpresa os esperava. Querem saber qual é?
 Se despertei a vossa curiosidade, leiam o livro.


Beatriz Merim,  nº 2, 6.º B